NEFERTITI

| início | actualidades | o espectáculo | participantes | contactos | créditos |
  particiantes > indice > anterior > seguinte


LUÍS CARMELO - escritor

 

 
 

Évora, 1954. Luís Carmelo vem desenvolvendo a sua actividade como romancista, poeta, ensaísta e artista plástico, tendo publicado até agora: (romances) Entre o eco do espelho, Peregrinação, 1986; Cortejo do litoral esquecido, Vega, 1988; No princípio era Veneza, Vega, 1990 (2ª ed, Vega, 1997); Sempre noiva, Vega, 1996; A Falha, Editorial Notícias, 1998; As saudades do mundo, Ed Notícias (1999); (poesia) Fio de prumo, TerrAmar, 1981; Vão interior do rio, Atelier 18, 1982; e Ângulo raso, Atelier 18, 1982; (ensaios) La représentation du réel dans des textes prophétiques de la littérature aljamiado-morisque, Universiteit Utrecht, 1995; Sob o rosto da Europa, Pendor, 1998; e Anjos e Meteoros – ensaios sobre a instantaneidade, 1999. Em publicação estão ainda Tetralogia Lusitana de Almeida Faria, prémio de ensaio APE em 1988, e o livro de novelas Três histórias de amor e um cometa.

Nas décadas de 70 e 80 expôs e realizou performances em Portugal e no estrangeiro (Museu de Arte Moderna de Schiedam, Holanda, 1987; Galeria Diagonale, Paris, 1985; e Galeria Makkon, Amsterdão, 1985).

Estudou Sociologia, Estudos Árabes e Línguas e Literaturas Modernas - Variante de Estudos Portugueses, doutorando-se em Semiose Literária na Universidade de Utreque, Holanda, onde viveu durante os anos oitenta. Presentemente, e no âmbito de uma investigação sobre a cultura do al-Andaluz (programa Praxis XXI), traduz com o professor José Mohedano (Barcelona) a obra do poeta de língua árabe Ibn’Abdún al-Yaburí (séc. XI).

É Professor Associado da Universidade Autónoma de Lisboa, onde rege a área de Semiótica no Curso de Ciências da Comunicação e é membro da Associação Internacional de Semiótica, da Associação Portuguesa de Escritores, vice-presidente da Associação Cultural Ataegina e colaborador do programa Acontece (RTP2).