NEFERTITI

| início | actualidades | o espectáculo | participantes | contactos | créditos |
  particiantes > indice > anterior > seguinte


JOSÉ JÚLIO LOPES - compositor, director

 

 
 

Lisboa, 1957. José Júlio Lopes iniciou a sua actividade como compositor em 1977. Desde aí tem repartido a sua actividade entre a criação musical e o espectáculo, desenvolvendo ao mesmo tempo um projecto de investigação sobre a relação entre música e drama.

Estudos musicais na Academia de Amadores de Música: Piano com Maria Teresa Menéres, Composição com Lopes Graça e fez o Curso de Formação Musical. Posteriormente estudou com Elisa Lamas (Harmonia), Christopher Bochmann e Carlos Caires (Composição) e Nuno Vieira de Almeida (Piano). Participou nos Seminários de composição de Emanuel Nunes, na FCG, e fez as Composition Masterclass com o compositor italiano Franco Donatoni na Royal Academy of Music (Londres, 1998).

Compôs música de cena para (entre outros) Artaud-Estúdio (de Paulo Filipe) ACARTE/FCG; Cenas de Uma Execução (enc. Alberto Lopes/São José Lapa), TNDMII; Inverno de 45 (enc. Jorge Castro Guedes), Teatro da Trindade; Prometeu (enc. Carlos Fogaça), Teatro da Nova; Averroes (de José Júlio Lopes); Hop Frog e O Horácio (enc. Carlos Fogaça), TN; A Marquesa de Sade, Casa da Comédia (enc. Filipe La Féria); Rei Ramiro (enc. Alberto Lopes); Guerras do Alecrim e Manjerona (enc. Norberto Barroca).

Fez o mestrado em Ciências da Comunicação (Universidade Nova de Lisboa) e prepara o doutoramento na mesma área. É professor no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Autónoma de Lisboa.